Discovery Kids estreia programa com temática ambiental

Por Gisele Eberspacher às 13h40 de 25/06/2012

Estreia hoje, no canal fechado Discovery Kids, um novo programa infantil que aborda uma temática ambiental. “Icônicos”, com apresentação de Gavin Stenhouse, ensina, a cada episódio, a identificar os diferentes tipos de habitats e mostrar curiosidades sobre os animais que vivem neles.

Para ver os horários de exibição do programa, veja a programação do canal.

 

Game incentiva debate sobre Rio + 20 entre crianças

Por Gisele Eberspacher às 17h22 de 16/05/2012

A FIRJAN (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), por meio do SESI, criou o projeto Heróis do Futuro, que sensibiliza estudantes sobre os temas debatidos na Rio + 20. 385 escolas da rede pública e particular já aderiram o programa, que também está aberto para todo o público.

O projeto envolve debates, um filme educacional em 3D e um jogo virtual sobre temas como desenvolvimento sustentável e economia verde.

O filme em 3D, o primeiro com essa tecnologia na área de educação no Brasil, conta com quatro personagens, Duda, Sofia, Dedé e Bia – turma de amigos que se une para mudar a rotina de uma vila de moradores do Rio, incentivando a vizinhança a tomar atitudes sustentáveis como economizar água e reciclar o lixo.

O jogo virtual conta com três categorias: Livre – aberta a pessoas de qualquer país do mundo, de dez anos ou mais –; Escolar Rio, voltada para alunos jovens e adultos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental das redes municipal e particular do Rio, além de estudantes da rede SESI e SENAI; e Escolar São Paulo, para alunos da rede SESI/SENAI.

Em formato de concurso cultural, o game é dividido em duas etapas e deve ser jogado por equipes de dois a cinco participantes, incluindo um líder. A primeira etapa, que vai até o dia 27 de maio, tem quatro fases: Resíduos, Saneamento, Transporte e Poluição. Cada fase tem um jogo, um quiz e um desafio.

No fim da primeira etapa, os grupos que tiverem atingido 10.600 pontos estarão automaticamente classificados para a segunda etapa, que vai de 28 de maio até 10 de junho. Nesse estágio, a pontuação zera e cada equipe terá que construir e defender uma cidade sustentável. Ganha o concurso quem fizer mais pontos.

Tanto na categoria Escolar como na Livre, o 2º lugar geral ganha um iPad2, enquanto o 1° colocado leva uma viagem para Fernando de Noronha com acompanhante, além do tablet da Apple.

A equipe melhor colocada entre as escolas públicas leva um Playstation 3, mesmo prêmio para o melhor entre as escolas particulares e rede SESI/SENAI. A premiação é para cada um dos membros da equipe, o professor tutor e o diretor da escola premiada. As escolas das equipes vencedoras vão ganhar ainda um kit de lousa digital com notebook e projetor.

Que tal mostrar para seus filhos? Clique aqui para mais informações.

 

5 ações para crianças mais sustentáveis

Por Gisele Eberspacher às 18h38 de 17/04/2012

A consultora de meio ambiente Joanna Yarrow, em seu livro “Como combater o aquecimento global”, sugere cinco ações que podem ajudar a educar as crianças com uma educação ambiental maior. Veja as dicas abaixo:

Trabalho em equipe: peça ajuda do seu filho para executar uma tarefa sustentável em casa. Ele pode, por exemplo, ficar responsável por cuidar dos aparelhos elétricos, vendo se estão fora da tomada quando não estão sendo usados e desligando o que for necessário. É uma maneira de ensinar esses hábitos. A família também pode se unir para executar uma ação junta, como por exemplo, arrumar um cômodo e separar objetos sem uso para doação.

Jardim: incentive atividades no jardim. Entrar em contato com a terra é importante para que a criança entenda os ciclos da vida. Além disso, vocês podem plantar pequenos alimentos para a família, como alface, ervas ou pequenas frutas, como o morango.

Culinária: receitas mais simples podem facilmente serem feitas por crianças com supervisão de adultos. Esse momento é importante para que a criança entenda mais sobre a alimentação e sobre como os alimentos são preparados.

Transporte alternativo para a escola: quando morarem perto da escola, tente fazer o caminho à pé com as crianças, ou de bicicleta. É um momento para conhecerem a vizinhança e entrarem em contato com a cidade.

Brincar sem brinquedos: brinquedos podem ser coloridos e divertidos, mas brincar sem eles pode ser uma nova experiência para a criança, muito mais criativa e inventiva. Tente incentivar esses momentos, propondo até mesmo brincadeiras ao ar livre.

Livros feitos com tecidos reciclados

Por Gisele Eberspacher às 17h59 de 10/04/2012

A editora Pique-Brinque lança uma novidade no segmento, usando tecido de PET reciclada para fazer as páginas dos livros. Assim como o material é mais sustentável, os temas abordados para as crianças buscam uma educação infantil mais sustentável.

Uma das coleções lançadas pela editora é a “Minha Primeira Sacolinha Retornável”, que incentiva o uso de ecobags.

Para mais informações clique aqui e para a loja virtual clique aqui.

Brinquedo de lata

Por Gisele Eberspacher às 19h03 de 23/03/2012

Ideia da artesã Loran Scruggs, dos EUA, os bichinhos feitos com lata podem ser feito junto com as crianças, para desenvolver habilidades manuais e noções de reutilização de materiais. Cuidado apenas na hora de cortar.

Caso deseje comprar pronto, clique aqui. Além dos brinquedos, Loran faz também apitos usando latas.

Boias de garrafa PET

Por Gisele Eberspacher às 18h42 de 16/03/2012

A dica e as imagens são do livro “Cuidar bem das águas – Brinquedos e bricadeiras molhados”, escrito por Adelsin, da Editora Peirópolis. Veja mais informações sobre o livro aqui.

Fazer boias de garrafas PET para a criançada brincar tranquila na piscina pode ser uma alternativa mais barata e rápida. Segundo Adelsin, o autor do livro, o modelo é seguro quando bem feito. Veja abaixo as dicas:

1. Pegue quatro garrafas de PET de pelo menos dois litros e amarre-as com uma cordinha (pode ser barbante) forte. As garrafas devem estar bem fechadas.
2. Basta prender as cordinhas na criança, de uma maneira que não machuque.
3. O modelo é indicado para uso apenas em piscinas, já que a correnteza de um rio ou as ondas do mar podem de alguma maneira estragar a boia ou soltá-la da criança.

Nós, as Embalagens e o Meio Ambiente

Por Gisele Eberspacher às 17h19 de 27/01/2012

O Instituto de Embalagens produziu um material para ensinar para as crianças como descartar resíduos sem agredir o meio ambiente, seguindo as informações da rotulagem ambiental das normas da ABNT. A cartilha se chama “Nós, as Embalagens e o Meio Ambiente” e é feita em BOPP reciclado,com a impressão feira com tintas especiais.

A cartilha foi aprovada pelo Ministério do Meio Ambiente e tem apoio do Governo do Estado de São Paulo.

Clique aqui para mais informações e para comprar o material.

Ensine para o seu filho o ciclo do petróleo

Por Gisele Eberspacher às 16h02 de 17/01/2012

Para ensinar para o seu filho a importância do consumo consciente e como o petróleo faz parte do sistema de consumo, mostre o vídeo abaixo, uma animação produzida pelo instituto Akatu:

Depois de mostrar para as crianças, que tal procurarem pela casa os objetos que contém e os que não contém essa substância? Ou, quando forem comprar roupas e brinquedos novos, procurar aqueles que sejam mais sustentáveis.

Cofrinho sustentável para as crianças

Por Gisele Eberspacher às 17h57 de 02/01/2012

A ideia de como ensinar as crianças a cuidar de seu dinheiro de maneira sustentável vem de fora, mas é possível fazer em casa durante as férias. O cofrinho, com três repartições, divide o dinheiro em três categorias: para gastar, para poupar e para partilhar. A ideia é que a criança sempre divida o dinheiro que colocar ali em três partes, e que destine cada uma para esse fim.

É legal ainda acompanhar a criança no momento de abrir o cofrinho para que cada dinheiro vá para seu fim. O dinheiro de poupar, por exemplo, pode ser encaminhado pelos pais para um banco ou guardado em outro local. Além disso, é possível ajudar os pequenos a escolher a instituição de caridade ou ONG que receberá o dinheiro para partilhar.

O produto vendido é feito com 70% de papel reciclado e impresso com tinta não tóxica (veja mais aqui). Mas pode ser divertido para fazer com as crianças: basta pegar três caixas iguais (pense em embalagens longa vida), usando cada uma como uma das repartições.

Brinquedos educativos e ecológicos

Por Gisele Eberspacher às 17h35 de 13/12/2011

Um brinquedo pode ser educativo, ecológico e divertido ao mesmo tempo. Essa é a proposta da marca 4M, importada para o Brasil pela 3dComex.

Toda a linha tenta estimular a criatividade, divertir e educar os pequenos. O aprendizado vai desde habilidades com trabalhos manuais, passando por conhecimentos básicos de ciência e de robótica. Ao mesmo tempo, é passada para a criança a mensagem de consciência ambiental.

Entre os brinquedos está um gerador de energia eólica, que acende um LED com a energia que produz, um inseto robótico que utiliza uma latinha de refrigerante usada e um relógio digital que utiliza batatas para funcionar.

A 4M foi criada em 1993 em Hong Kong. Vários produtos da marca receberam prêmios e recomendações de organizações que avaliam brinquedos e sua função no desenvolvimento da criança, como o Parents Choice Awards e o Teachers Choice Award for Family, ambos nos EUA. Os brinquedos também foram aprovados pelo London Science Museum.

Veja aqui o site da 4M (em inglês) e aqui o site da 3dComex. Os produtos podem ser encontrados nessa loja.

  • Categorias